Amado … Conde de Saint Germain

Amado Mestre,
Obrigada por te me dado a oportunidade de cumprir a missão, obrigada por ter paciencia comigo,obrigada pela força que me dá todos os dias , obrigada por ser muitas vezes minha razão de viver, obrigada pela ajuda que oferece a humanidade, obrigada por me mostrar quem eu sou cada dia mais, obrigada por me fazer enxergar a verdade em tudo, obrigada pela cura de minhas dores passadas, obrigada pela esperança que ainda tenho de um futuro melhor para o mundo, obrigada pelo seu carinho , obrigada pela sua atenção …


(fonte da imagem: google imagens)

Oh Grande Avatar da Nova Era! Pai amado!Obrigada por fazer parte de minha vida, com Vosso amor e Vossa poderosa Chama Violeta transmutando por diversas vezes nossas dores e as transformando em alegrias! Eu te amo.

Sua eterna filha na Luz … Jessica Leal.

Anúncios

Mestra Rama Dora Milice

Dona Dora, como prefiro chama-la, clarividente ,teve os primeiros sintomas de sua mediunidade aos 3 (três) anos de idade, quando dizia para sua mãe que tinha um “homem” perto dela com o qual ela falava. Primeiramente chamado de “Marabô”, e após alguns anos, revelou seu nome mais conhecido: SAINT GERMAIN, que até hoje a orienta sobre os rituais que devem ser realizados na doutrina do Movimento da Consciência Suprema Una. Ao longo de sua jornada, conheceu muitas pessoas, dentre elas estão Tia Neiva (que estava presente quando o Mestre SAINT GERMAIN deu para ela a missão das Águias e para a Tia Neiva a missão dos Jaguares), o jornalista Moacyr Jorge, o espiritualista Sr. Tancredo (que também incorporava no Rio de Janeiro o Ministro Marabô) e tantos outros que a clarividente relata com muito carinho.

Ela foi Iniciada em Ifá ,pelo Babaláwo James Ishola Adelana.Pratica trabalhos de Desobsessão por mais de 40 anos, trabalha com desenvolvimento mediúnico com 545 médiuns aproximandamente. E também, por ser Metafísica possue um programa na Rádio Mundial 95,7 FM chamado “Força e Energia” .

Ouça uma das gravações do programa Força e Energia:

Visite o site de Dora Milice: www.doramilice.com.br

Movimento da Consciência Suprema Una

A Doutrina Espiritualista do Movimento da Consciência Suprema Una foi criada para transmitir ao mundo os ensinamentos da Cabala milenar. Todas as atividades estão de acordo com as escrituras da sagrada TORÁ. A principal atividade da Doutrina é a sessão de Desobsessão que doutrina e encaminha para a Luz os espíritos de baixa evolução causadores de problemas na vida do ser humano encarnado.

Há 40 anos, a Clarividente Dora Milice se dedica às práticas espirituais. Ela fundou em 1968 a Sociedade de Pesquisas Espirituais e Cabalísticas do Estado de São Paulo, onde leva até hoje seu trabalho adiante juntamente com seus Missionários e o Mestre Saint Germain, carinhosamente conhecido como Pai Marabô.

A  Doutrina ajuda milhares de pessoas a se recuperarem depois de sofrerem de Obsessão Espiritual.

Visitem o site: http://www.conscienciasupremauna.com.br/index.html

Ashtar Sheran

Nosso Lar- trailer

Ser medium é …

Olha ser medium não é nada fácil. Depende do que as pessoas chamam de médium tambem! rs… médium pra mim é aquele que tem potenciais que foram ou não desenvolvidos, em vidas passadas, que perdeu prazo e precisa recuperar seu tempo perdido na incúria. Em outras palavras, mediunidade todos tem, mas poucos desenvolvem, deixam pra lá, não enxergam que com seus dons podem e muito ajudar a humanidade…

Ajudar? Opa ta ai algo dificil da gente entender. Eu falo por mim, aos 14 anos eu andava sufocada com minha vida sem sentido, eu via aqueles filmes na sexta da Paixa de Cristo e não conseguia entender porque Jesus foi cruxificado, se ele era um ser tão iluminado, que ajudou tantas pessoas, porque a cruxificação ocorreu logo com ele? Não entrava na minha cabeça, era muito injusto pra ser verdade, e eu lia a biblia, não entendia nada do que estava escrito ali. Tudo era tão confuso, ver aquele filme exorcista e ficar 3 meses sem dormir direito é normal? Tá o filme é horrivel mesmo, mas não era so isso…
E quanto a eu dormir sempre com luzes acessas, e ter pavor de escuro? Eu ja tinha 14 anos! Poxa não era mais criança, que acreditava em bicho papão ! Eu era uma adolescente confusa, e sem fé em nada. Minha mãe me levava sempre em lugares light, tipo Seicho-No-ie, Igrejas Catolicas super tranquilas, mas nunca fui com ela em centro de umbanda ou kardecismo, sei lá eu meio que tinha medo. Mas eu gostava mesmo era de magia, mas não tinha coragem de acender uma vela! Tinha pavor de vela, era algo pra mim que só fazia sujeira e podia provocar incêndio! Eu nunca gostei de ler, sentia sono, atirava o livro no guarda-roupas e ia ver filmes… ahh filmes! Todos, de ficção de preferência, mas os de espiritos mesmo eu gostando eu ficava com muito medo depois. Porquê?
Eu estava ficando aflita, perdia noites de sono, com medo  de qualquer barulho, de qualquer cheiro…eu estava com medo! Mas não sabia do que! Eu queria respostas, mas tinha medo também de dizer que eu estava com medo, medo maior era preocupar alguém como minha mãe, ela não merecia ter uma filha louca ( é oque eu pensava que estava me tornando).
Até que um dia, sem mais nem menos, minha mãe chegou em casa dizendo que foi em um centro espirita com uma amiga dela, que tinha adorado e que eu deveria ir pra conhecer. Eu nem hesitei, e fui.
Era um local tão diferente, do que eu ja tinha frequentado, cheirava a incenso com mais alguma coisa, que não sei, mas era bom. Eu estava esperando a tal “abertura” acabar, porque não podiamos entrar enquanto isso, mas ouvia a voz de um rapaz  dizendo bem alto palavras fortes e evocando a presença divina, e cantava “Todas as oportunidades estão abertas…” achei aquilo lindo, e tocou meu coração e pensei -” Nossa que lugar curioso…” – Não tinha vidência ainda nessa época, mas senti com o coração que ali tinham Anjos, ou talves Mestres não sei ao certo, mas era uma linda e forte invocação.
Bom depois disso , entrei no templo, e vi com os olhos as pessoas, mas vi com o coração os mentores que ali estavam e me deu uma imensa paz, uma paz que nunca havia sentido em toda a minha vida, talves fosse a sensação de um reencontro, quando você não ve um amigo ha muito tempo sabe? E que te da uma alegria imensa de reve-lo novamente ! Acho que foi mais ou menos isso que eu senti.
Eu nunca mais deixei de ir lá, hoje eu sou medium do Movimento da Consciencia Suprema Una, fazem mais de 10 anos. Frequento o mesmo núcleo  todo esse tempo, na Ponte Pequena ali pertinho do metro Armenia, se chama Sociedade de Pesq. Espirituais e Cabalistas do estado de S.P.
Talvez minha mãe sabia, mas eu preciso dizer que esse foi o melhor presente que eu ganhei,aonde eu me encontrei espiritualmente e me entreguei de corpo e alma a caridade…
http://www.conscienciasupremauna.com.br/